Derek Redmond, ex-campeão Mundial

England Wheelchair Rugby LeagueKent County Cricket Club

Tendo desfrutado de uma carreia desportiva bem-sucedida, o ex-campeão Mundial Derek Redmond é agora Group Performance Director da Thomas International após ter ficado admirado com os poderosos insights que os assessments Thomas fornecem.

Derek Redmond é conhecido pelo seu final heroico nos jogos Olímpicos de 1992 em Barcelona, onde teve de coxear para completar os 400 metros sprint devido a uma rotura num tendão. Com os braços do seu pai a abraça-lo e perante uma ovação em pé, Redmond coxeia uma volta à pista, dizendo mais tarde, “Eu não gosto de desistir de nada”. A filmagem daqueles cinco minutos de tirar o folego é agora mundialmente famosa e tem sido usada para vídeos motivacionais pela Nike, Visa e pelo Comité Olímpico Internacional.

Durante a sua carreira, Redmond manteve o recorde Inglês para os 400 metros sprint e ganhou várias medalhas de ouro nos 4x400 metros estafetas nos Campeonatos Mundiais, Campeonatos da Europa e Jogos da Commonwealth. Embora os seus sucessos na pista pertençam agora ao passado, o seu orgulho, paixão e pura determinação frente a adversidades fizeram dele um dos mais populares e procurados oradores públicos e motivacionais.

Desde a sua despedida do atletismo, Redmond também jogou basquetebol pela Inglaterra e profissionalmente pelos Birmingham Bullets e jogou rubgy pelo Coventry RFC e Stow RFC. É também um respeitado treinador e conselheiro de atletas internacionais.

Tendo transitado com êxito da uma carreia enquanto atleta para a sua segunda carreira como consultor e conselheiro de negócio, Redmond sabe melhor que muitos quão importante é o autoconhecimento para o sucesso, tanto dentro como fora da pista.

"Para ser um verdadeiro campeão, é preciso ser fisicamente forte mas é ainda mais importante ser mentalmente forte," refere. 

Descobrir a psicometria

Após um amigo em comum o ter apresentado ao Diretor-Geral da Thomas International Sport, Redmond foi persuadido a preencher o Thomas PPA (comportamental), um assessment desenvolvido pela Thomas Sport. O assessment, que leva apenas aproximadamente 8 minutos a ser preenchido, é então analisado e é dado feedback à pessoa bem como uma descrição estruturada do seu perfil. Este foi originalmente desenvolvido para a força de trabalho, mas desde então, um assessment específico para desporto foi personalizado para ajudar atletas em fim de carreira a fazerem a transição do desporto para o negócio. Quanto melhor uma pessoa conhece os seus pontos fortes e possíveis limitações, mais bem posicionada estará para encontrar a função certa. Para Redmond, o assessment PPA marcou o começo de um novo caminho na sua carreira.

Quando recebi o feedback sobre o Thomas PPA fiquei perplexo.
 

Atualmente é Group Performance Director na Thomas International.

“Existem três pessoas neste mundo que me conhecem realmente bem. O meu pai, o meu treinador e a minha mulher, e aqui estava alguém que nunca me tinha conhecido e era como se me conhecesse desde sempre. Não conseguia acreditar em quão preciso era.”

Mas nem todo o atleta será tão sortudo como Redmond em ser perfeitamente compatível com um treinador. Esta é uma área em que as ferramentas psicométricas podem ter um grande impacto, diz Redmond.

“Eu tive sorte com os meus treinadores, mas posso ver como a psicometria poderia ter ajudado a extrair o máximo das relações existentes entre o atleta e a sua equipa.”

O perfil psicológico ajuda-o a conhecer a melhor preparação para si, isto significa que quando vai para uma competição não está a ir às cegas, tudo é planeado e calculado.

Podem os negócios aprender com o desporto? Talvez os atletas não sejam o primeiro dado demográfico que nos surge em mente quando pensamos acerca de um dia no escritório. Mas as características necessárias para ser bem-sucedido, tanto na empresa como no desporto, são as mesmas, diz Redmond, e é precisamente isto que significa que um atleta esteja perfeitamente disponível entre as 9 às 5.

“O meu perfil hoje em dia como empresário deve-se à minha experiencia enquanto atleta,” refere.

O mind-set de um desportista bem-sucedido não é diferente do mind-set de um empresário bem-sucedido. Tanto no desporto como nos negócios tem de ser focado, disciplinado, comprometido e apaixonado, de outra forma não terá sucesso.