Desenvolvimento da equipa

Desenvolver o potencial de rendimentoPsicologia no desporto

Uma força de trabalho qualificada e dedicada é uma componente crítica em qualquer ambiente, seja numa grande empresa ou de uma equipa desportiva. Desde o massagista ao treinador, todos têm uma função que contribui para o alcançar das metas organizacionais. Desenvolver uma força de trabalho impulsionada para o sucesso é algo crítico para melhorar o rendimento global.

Os atletas e equipas podem atingir a vitória no campo ou na pista, mas o seu sucesso vai muito para além do seu desempenho individual naquele dia. Uma equipa inteira, tais como treinadores, fisioterapeutas e elementos mais administrativo, são muitas vezes a espinha dorsal do rendimento desportivo. Sem uma equipa qualificada e dedicada, poderia correr o risco de falhar em cumprir os seus objetivos.

Aqui na Thomas, acreditamos que ao investir e focar o seu tempo em algumas áreas chave, irá colocar-se no caminho para o sucesso. Então que passos pode dar para melhorar a estratégia de desenvolvimento para a força de trabalho da sua organização?

Recrute o talento certo

A melhor altura para colocar a sua força de trabalho no caminho certo é logo no início. Comece na fase de recrutamento, passe pela fase de integração e desenvolvimento, de modo a garantir que tem as pessoas certas para as funções certas e que desenvolve uma base consistente para o sucesso.

Considere os objetivos da sua organização – está à procura de treinadores com um foco na participação em vez de no rendimento? Ou está a tentar elevar a sua equipa para o nível de elite? Uma vez que tenha um percurso de ação estabelecido, poderá então olhar para o tipo de pessoas que melhor se adaptariam aos seus objetivos, bem como as competências e comportamentos que seriam exigidos. O perfil da função pode ajudá-lo a determinar as características ideais para a função e uma vez combinadas com o perfil comportamental, irão permitir-lhe analisar se tem as pessoas certas para as funções certas.

Crie uma forte equipa de liderança

As pessoas deixam os gestores, não a empresa. Uma liderança forte permite às organizações alcançarem os seus objetivos. Mas como pode garantir que tem os líderes certos para dirigir a sua força de trabalho (seja esta constituída por atletas ou equipa de suporte) e atingir os resultados?

A diferença entre um líder aceitável e um líder excecional recai muitas vezes sobre a sua inteligência emocional. Líderes emocionalmente inteligentes tendem a ser mais autoconscientes, melhor comunicadores e mais adaptáveis que os seus pares.

Explorar os níveis de inteligência emocional permite criar um ambiente de entendimento que por si aumenta a autoconsciência entre os líderes e que irá capacitar a força de trabalho a aspirar ao sucesso.

A capacidade de trabalhar em equipa é outro requisito essencial à liderança, demonstrada por líderes bem-sucedidos. Fornecer aos seus líderes o insight sobre a forma como eles e os seus membros de equipa se comportam, comunicam, os seus pontos fortes e possíveis limitações e os seus motivadores, dá-lhes as ferramentas para trabalhem com êxito e aumentarem o seu rendimento.

Invista no desenvolvimento

À medida que a organização evolui, o mesmo acontece com a sua força de trabalho. Investir na formação e coaching dos seus colaboradores irá garantir que estão equipados para enfrentarem tarefas e projetos.

Muitas organizações investem fortemente na formação de hard skills, mas muitas vezes esquecem-se do outro lado do espectro. Desenvolver soft skills pode fazer a diferença para a organização. As pessoas são o seu ativo mais importante. Uma força de trabalho autoconsciente, altamente comunicativa e emocionalmente inteligente será muito mais eficaz quanto tiver de promover a organização tanto interna como externamente. Tal poderá fazer a diferença para que a organização alcance um determinado prémio ou acreditação ou fracasse por pouco.

As ações de Formação da Thomas abrangem algumas das soft skills essenciais que estão relacionadas com sucesso e rendimento. Ações sobre comunicação, gestão de conflitos e competências de liderança fornecem uma direção real e clara à sua força de trabalho, de modo a ajudá-la no seu desempenho.

Envolva a sua força de trabalho

Não importa quem está a recrutar, se a sua força de trabalho não estiver envolvida, estará automaticamente numa situação de elevado risco de vir a ter uma força de trabalho desmotivada e com dificuldade em cumprir os seus objetivos.

Um simples questionário aos colaboradores pode ajudar a identificar as áreas onde a força de trabalho pode estar a falhar perante os desafios que vão surgindo e ajudar a direcionar iniciativas de desenvolvimento, ao promover compromisso nas áreas que terão um maior impacto no desempenho global da organização.

A organização engageforsuccess* descobriu que empresas com elevados níveis de compromisso têm uma produtividade 18% acima dos seus pares menos comprometidos. Pessoas que gostam do trabalho que fazem, das relações que têm e que se sentem reconhecidas pela sua contribuição são de longe mais prováveis de vir a ter um desempenho melhor e assim ajudar a levar a organização para o sucesso.

Desenvolver as pessoas dá-lhe a oportunidade de moldar o futuro da sua organização. Aprimorar as capacidades em áreas críticas podem ajudar a ir ao encontro dos objetivos da indústria, criar planos de competências por setor e finalmente obter resultados. A importância de uma força de trabalho qualificada e comprometida não pode ser ignorada, trata-se de um passo vital na viagem para alcançar excelência.

*http://engageforsuccess.org/wp-content/uploads/2015/09/The-Evidence.pdf