Motivação no desporto

Construir relações na equipaCoaching e mentoring

Saber como motivar uma equipa de forma eficaz é um requisito fundamental a qualquer pessoa que trabalhe com equipas desportivas. Alcançar excelência no desporto requer mais do que mera capacidade técnica. É preciso cultivar a atitude certa – uma mentalidade de vencedor - e o primeiro passo consiste em desenvolver o autoconhecimento.

Não existem duas pessoas que sejam motivadas (ou desencorajadas) pela mesma combinação exata de fatores, assim não podemos assumir que uma estratégia de envolvimento vá ter impacto em todos os membros da equipa.

Enquanto atletas individuais têm as suas próprias estratégias únicas de preparação, a equipa de suporte desempenha um papel central na identificação e gestão de relacionamentos entre os diferentes estilos pessoais presentes na equipa e devem trabalhar coletivamente para adaptarem os estilos de treino às necessidades de todos.

Conhecimento é poder

Para além da disciplina, compromisso e capacidades inatas, a chave para um elevado rendimento desportivo recai na força mental e, contudo, para alguns, existe ainda uma falta de entendimento acerca de como é que as suas mentes podem afetar o seu caminho para o sucesso. Como podem os nossos traços psicológicos fazer a diferença entre participar numa prova e vencê-la?

Conhecimento é poder, especialmente se tiver de lidar com um baixo desempenho ou moral. Quão mais conhece e compreende a sua equipa, maior hipótese terá de fazer melhorias que poderão fazer a diferença entre desempenhos dignos de medalha de ouro ou prata.

Ser capaz de identificar, com precisão, quais os pontos fortes e saber como utilizá-los pode dar a alguém a vantagem. Identificar possíveis limitações comportamentais específicas que podem estar a impedir alguém de alcançar o seu potencial pode transformar o seu rendimento. Compreender as preferências comunicacionais de um atleta pode ajudá-lo a comunicar as suas exigências de correção num estilo que cada pessoa compreenda e reaja positivamente ao mesmo.

Dupla vitória

Se trabalhar conjuntamente com os seus atletas na identificação das suas próprias características pessoais e estabelecer como eles provavelmente se comportam sob pressão, pode capacitá-los a fazerem a sua própria gestão e motivação, porque irão verdadeiramente compreender aquilo que pode ajudá-los ou prejudica-los.

Muitas pessoas têm a tendência para ditar o que está certo ou errado na atitude, comportamento ou desempenho de outra pessoa, levando-a ao ponto de lhes dizer aquilo que devem fazer. Apesar de esta abordagem poder funcionar com alguns, certamente não satisfaz todos. A resposta? Dupla vitória.

Criar confiança

O sentimento de confiança que é criado quando é entregue aos atletas o controlo do seu próprio rendimento, é um dos mais poderosos geradores de motivação, tanto para os atletas, de forma individual, como para a equipa.

Acreditamos no poder da confiança. Se um atleta ou equipa se sentem confiantes, é provável que sintam vontade de provar que tal confiança é atribuída. É uma equação simples; quão mais confiança exista numa relação, mais elevados serão os níveis de motivação.

O processo de construir uma relação de confiança leva-nos a uma nova constatação - é aqui que se torna essencial ser mais profundo, uma vez que tal pode revelar traços emocionais que nos podem dar informação crítica acerca de como os atletas poderão responder-lhe enquanto treinador, líder ou capitão.

Em suma, um treinador que se consiga relacionar com a sua equipa e compreender aquilo que a move e motiva, tem todas as ferramentas necessárias para levar essa equipa do bom para a excelência.