Construir relações na equipa

Psicologia no desportoMotivação no desporto

Trabalho em equipa é o alicerce para o sucesso desportivo. Isto é igualmente verdadeiro para atletas em desportos individuais como para os desportos em equipa. Desenvolver autoconsciência e uma compreensão de si mesmo é a porta de entrada para construir relações de trabalho eficazes com a sua equipa.

Quer a sua equipa tenha sido recentemente formada ou já trabalhe em grupo há já algum tempo, uma equipa de atletas ou um atleta individual e a sua equipa de suporte, um regresso aos princípios básicos para o desenvolvimento de uma base sólida é uma boa forma de começar.

Tudo começa com entendimento!

Se perguntar a alguém acerca da sua equipa, muito recorrentemente ser-lhe-ão apresentados uma variedade de factos e números acerca dos seus feitos desportivos e capacidades físicas. Existe geralmente um pressuposto de que quem seja forte e esteja em excelente forma tenha tendência a ganhar. Este pressuposto tem-se revelado inúmeras vezes incorreto.

A capacidade física é, certamente, uma componente critica na performance desportiva. Então e a capacidade mental? 

Dar à sua equipa as ferramentas para adquirirem um entendimento mais profundo acerca da forma como se comportam, os seus pontos fortes, possíveis limitações e os seus motivadores é o primeiro passo. Isto ajuda a criar um ambiente de compreensão que irá fornecer uma base sólida para construir relacionamentos.

Revelar as preferências emocionais e comportamentais dos indivíduos irá permitir às equipas para considerarem o impacto que têm nos outros e irá assim ajudá-los a compreender onde poderão ter de fazer alterações. Este conhecimento recém-adquirido acerca de si mesmos e dos seus companheiros de equipa, irá ajudá-los no seu entendimento sobre como melhor comunicar, como motivar os outros e finalmente como desenvolver capacidades de trabalho em equipa que terão uma maior influência no seu desempenho.

Melhorar a dinâmica da equipa

Já todos pertencemos a equipas, fosse em ambiente profissional ou em ambiente desportivo, onde um esforço coletivo pode ser prejudicado por uma só pessoa – se um membro da equipa estiver desmotivado, existe um enorme risco de vir a alastrar a sua negatividade por todos os outros.

Contudo, o rendimento de uma equipa é algo complexo e não somente a soma das suas partes. Se a motivação de uma equipa permanecer um problema, mas não conseguir identificar um problema de desempenho num elemento em particular, o que mais poderá estar a acontecer? Haverá um confronto de personalidade? Haverá alguma falta de confiança ou empatia entre os elementos? Estão os elementos da equipa a ter dificuldade em comunicar de forma eficaz ou compreendem-se uns aos outros?

Se os elementos da sua equipa tiverem autoconsciência, então tem uma base para construir uma equipa. O próximo passo consiste em ajudar na inserção do insight pessoal de cada elemento no resto da equipa, de modo a que cada pessoa compreenda verdadeiramente (em vez de julgar) os estilos dos outros, os seus motivadores e medos. Deste modo, quaisquer diferenças críticas podem ser identificadas e geridas num ambiente seguro, honesto e de confiança.

Quão melhor for a interação, mais eficiente se torna o treino e o desempenho, assim, remover as fontes de conflito desnecessárias é uma das vias mais rápidas para motivar equipas em direção ao objetivo partilhado: vencer!

Manter a dinâmica

Um comprometimento para fazer melhorias individuais e na equipa, bem como mudanças que melhorem o rendimento e capitalizem as forças, irão garantir que a sua equipa trabalhe constantemente em conjunto tão eficaz e eficientemente quanto possível.

Porque não implementar cursos de formação para a sua equipa? Tal irá não só aprimorar as soft skills da sua equipa, mas também fornecer uma oportunidade fantástica para a construção da equipa e das relações. Mostrar o seu suporte para com o desenvolvimento da equipa irá garantir que os seus membros individuais sentem um crescente sentimento de confiança e reconhecimento dentro da organização. Quando os elementos da equipa são capazes de confiar uns nos outros e trabalhar coletivamente, a motivação aumenta e os objetivos são mais facilmente atingíveis.

Quando os membros da equipa trabalham bem em conjunto, existe pouca coisa que não possam alcançar. Certifique-se que está a analisar o panorama geral quando se trata da sua equipa e aumente as hipóteses de desenvolver uma equipa de elevado rendimento.