PPA Education

PPAPPA Sport

Em apenas 8 minutos, este questionário permite uma visão exata de como os seus alunos se comportam, respondendo a questões como: quais os seus pontos fortes e as suas áreas de desenvolvimento? Como comunicam? O que os motiva?

Visão GeralA Ciência

Avalia: Comportamentos
Tipo: Ipsativo
Tempo: 8 minutos

O Thomas PPA permite uma visão exata sobre o estilo comportamental dos jovens. Será uma ligação única entre a escola e o mundo do trabalho, identificando pontos fortes, os quais podem ser utilizados para ajudar nas suas escolhas ao nível de educação, permitindo mais sucesso na vida laboral.

Posteriormente será disponibilizado um perfil detalhado sobre os pontos fortes, receios básicos, motivadores, alterações comportamentais e possíveis frustrações.

PPA poderá ajudá-lo a:

  • Aumentar a autoconsciência e autoestima
  • Apoiar nas decisões associadas a Planos de Carreira
  • Aumentar as competências comunicacionais
  • Melhorar comportamentos e atitudes
  • Aumentar a realização

Está interessado em saber mais? Veja o testemunho da Larbert High School.

Autor: Thomas M. Hendrickson

Ano: 1958

 

Antecedentes e Teoria:

Thomas Hendrickson desenvolveu o Thomas PPA com base na teoria de Marston, em 1958, como um sistema de autoavaliação para o trabalho.

A Teoria de Marston postula que as ações baseadas em emoções são a resposta biossocial de um indivíduo, a ambientes sociais amigáveis ou hostis. Estas ações determinam como o indivíduo interage com o ambiente. O modo como o indivíduo interage com o ambiente assume 4 direções básicas: tendência para Domínio, Indução, Submissão e Conformidade. Marston publicou as "As Emoções das Pessoas Normais", em 1928, onde descreveu a sua teoria da consciência humana. A sua teoria teve origem em duas escolas de pensamento - fisiológica e psicanalítica.

O Thomas PPA determina se os indivíduos se vêm em ambientes de trabalho, que eles percecionam como sendo favoráveis ou hostis/desafiantes, e revela se os seus padrões de resposta são ativos ou passivos; assim, as preferências comportamentais podem ser classificadas em 4: Domínio, Influência, eStabilidade, Conformidade. 

Formato:

O Thomas PPA é um questionário de resposta obrigatória que usa um método referencial ipsativo – os padrões de resposta do indivíduo são comparados com o próprio, em vez de serem comparados com um grupo. Os indivíduos são convidados a escolher um adjetivo que o melhor descreve e o adjetivo que o pior o descreve.

Para completar o Thomas PPA, os indivíduos devem escolher dois adjetivos de um conjunto de quatro adjetivos, com "MELHOR" e "PIOR". Este processo é repetido 24 vezes, fornecendo 48 escolhas, de um total de 96 palavras.

O PPA está disponível em formato digital (através da internet) e no formato papel e lápis. A Thomas International também desenvolveu o formato PPA+ que é destinado a pessoas na faixa etária dos 11 a 18 anos e para candidatos que sejam fluentes em Inglês mas para os quais o Inglês não seja a língua materna.

Fidelidade e Validade:

O Thomas PPA foi registado na British Psychological Society (BPS) e posteriormente e auditado em relação aos critérios técnicos estabelecidos pelo European Standing Committee on Tests and Testing, parte da European Federation of Psychologists' Associations.

Thomas International realiza, de forma contínua, pesquisas ao nível psicométrico com o PPA em parceria com o Psychometrics Centre da Cambridge University. http://www.psychometrics.cam.ac.uk/.

Está interessado em saber mais? Veja o testemunho da Larbert High School.