GIA

TEIQue SportGIA Education

O Thomas General Intelligence Assessment (GIA/TST) mede a capacidade mental de cada pessoa. E ao compreender a rapidez com que os candidatos podem aprender e reter as novas competências e procedimentos, terá uma previsão fiável sobre o seu potencial para apreender ou desenvolver na nova função. Também terá indicação de quão bem vão responder à formação.

Visão GeralA Ciência

Avalia: Aptidões cognitivas
Tipo: Psicométrico
Tempo: 50 minutos

O Thomas General Intelligence Assessment (GIA/TST) mede a capacidade mental de cada pessoa. E ao compreender a rapidez com que os candidatos podem aprender e reter as novas competências e procedimentos, terá uma previsão fiável sobre o seu potencial para apreender ou desenvolver na nova função. Também terá indicação de quão bem vão responder à formação.

GIA_Samplejpg.jpg

GIA poderá ajudá-lo a:

  • Avaliar a capacidade mental, incluindo ao nível de resolução de problemas e adaptabilidade
  • Compreender como desenvolver através da formação
  • Identificar potenciais líderes
  • Garantir que a pessoa é suficientemente desafiada

Está interessado em saber mais? Veja o testemunho da Opus Energy.

Autor: Dr. Peter Dann
Ano: 1992

Antecedentes e Teoria:

O General Intelligence Assessment (GIA), foi desenvolvido pelo Dr Peter Dann, ao longo dos últimos 15 anos, no Human Assessment Laboratory na University of Plymouth. A Thomas integrou o GIA em 2006.

A inteligência foi definida como fluida e cristalizada (Horn & Cattell, 1966):

  • Inteligência Fluida  (velocidade de processamento) 
  • Inteligência Cristalizada (fatores aprendidos) 

O GIA é utilizado ao nível do recrutamento, retenção, desenvolvimento, gestão, identificação de necessidades de formação, benchmarking, planos de sucessão e orientação de carreira.

Formato: 

 É composto por um grupo de cinco testes validados de forma independente.

Cada um dos cinco testes tem um tipo de tarefa e todas as questões tem o mesmo nível de dificuldade. O resultado final é determinado pela rapidez e precisão das respostas, sendo posteriormente comparados com a amostra para determinar se a pontuação é inferior, superior ou similar à maioria da população.

É composto por cinco testes:

Velocidade Percetiva: O teste de Velocidade Percetiva avalia a capacidade de reconhecer detalhes do ambiente, incorporando a perceção das imprecisões no material escrito, números e diagramas, a capacidade de ignorar informações irrelevantes e identificar semelhanças e diferenças em configurações visuais. Este teste avalia a rapidez e a precisão de um indivíduo a verificar e reportar o erro/precisão.

Raciocínio: O Teste de Raciocínio avalia a capacidade de fazer inferências através das informações fornecidas e obter corretas conclusões. Este teste avalia a capacidade que um indivíduo tem para armazenar informações na memória a curto prazo e de resolver problemas depois de receber instruções verbais ou escritas.

Precisão e Velocidade Numérica​: O teste de Precisão e Velocidade Numérica é importante para funções que exigem aptidão numérica e agilidade mental. Poderá ser utilizado como um indicador de quão confortavelmente um indivíduo pode trabalhar com conceitos quantitativos. Avalia a capacidade de trabalhar em ambientes onde é necessária a aptidão numérica e onde a atenção e a concentração são requisitos essenciais para as aplicações numéricas.


Orientação Espacial​: O Teste de Orientação Espacial avalia a capacidade de criar e manipular imagens mentais de objetos. Este teste correlaciona-se com os testes de raciocínio mecânico e avalia a capacidade de cada indivíduo para usar as suas capacidades de orientação mental na comparação de formas. Esta avaliação é particularmente importante para funções onde a visualização mental e a resolução prática de problemas são aspetos relevantes da mesma. 


Significado das Palavras: Este teste avalia o conhecimento de palavras e vocabulário. Avalia a compreensão de um grande número de palavras a partir de diferentes áreas do discurso e da capacidade de identificar as palavras com significados idênticos ou opostos. Avalia a capacidade de trabalhar em ambientes onde é necessária a compreensão clara das instruções, escritas ou orais.

Fiabilidade e validade:

O GIA tem sido sujeito a testes científicos rigorosos para determinar a sua validade e fiabilidade. O Thomas GIA foi registado na British Psychological Society (BPS) e posteriormente e auditado em relação aos critérios técnicos estabelecidos pelo European Standing Committee on Tests and Testing, parte da European Federation of Psychologists' Associations.

Está interessado em saber mais? Veja o testemunho da Opus Energy.