Rúgbi de 7 EUA

Athlete Career Transition (ACT)Liga de Rúgbi de Cadeira de Rodas da Inglater...

Trabalho em equipe é a base do sucesso. Isso serve tanto para atletas e times quanto para profissionais de negócios. Desenvolver o autoconhecimento e o entendimento de si mesmo é o caminho para construir relacionamentos efetivos dentro da equipe.

Quando os integrantes da equipe trabalham bem em conjunto, não há nada que não possam realizar. Olhar para o cenário como um todo, no que se refere à equipe, tal como preferências comportamentais e emocionais, além do impacto que causam uns aos outros, pode aumentar incrivelmente as chances de desenvolver uma equipe de alta performance.

Patrick Wright, da Rugby Business Network (RBN), usa as avaliações da Thomas para fazer exatamente isso. As ferramentas ajudam a conseguir uma compreensão aprofundada sobre preferências individuais; algo que a RBN tem feito para desenvolver a performance dos atletas, aumentar os programas de transição e, consequentemente, trazer resultados.

Desenvolvendo autoconhecimento no time de Rúgbi de 7 dos EUA

Mike Friday, Treinador Chefe do Rúgbi de 7 dos Estados Unidos, tem trabalhado com Patrick na RBN, para incorporar as avaliações da Thomas ao programa de treinamento do time, como forma de se preparar para os Jogos Olímpicos do Rio de Janeiro em 2016, e aprimorar a constância na performance, por meio do autoconhecimento dos membros da equipe.

Como um time de alta performance, em que a comunicação eficaz é crucial para obter êxito, a equipe precisava desenvolver o entendimento mútuo. Sendo assim, aplicaram a Análise de Perfil Pessoal (PPA), para identificar talentos, limitações, estímulos e preferências de comunicação, ajudando os integrantes e treinadores a se adaptar para cada um dos indivíduos e evitar desentendimentos ou prejudicar o aprendizado.

Vimos as avaliações da Thomas como uma parte fundamental para nos tornar mais coesos como grupo.

Mike Friday, Treinador Chefe do Rúgbi de 7 dos EUA

O relatório de compatibilidade do PPA também foi usado entre jogadores, assistentes e equipe administrativa. Os relatórios revelaram inúmeros possíveis obstáculos para o relacionamento efetivo das equipes, o que permitiu que colocassem em prática estratégias e planos de desenvolvimento que auxiliassem os indivíduos a mudar o comportamento de acordo com as preferências alheias.

O processo ensinou como nos conscientizar do nosso próprio comportamento e o dos demais. Ele nos deu um insight sobre as várias abordagens que poderíamos adotar para promover a comunicação efetiva, o que, finalmente, fez de nós uma equipe de alta performance mais eficiente e impecável, dentro e fora do campo.

Mike Friday, Treinador Chefe do Rúgbi de 7 dos EUA

Os jogadores também perceberam o efeito imediato da implementação das avaliações da Thomas. Madison Hughes, capitão do time de Rúgbi de 7 dos EUA, comenta: -- O PPA da Thomas ajudou a equipe a adotar uma perspectiva diferente sobre comunicação. Em particular, ele nos ajudou a perceber as várias formas de ver e, portanto, que abordagens diferentes são necessárias para cada indivíduo.

A avaliação me ajudou a descobrir como poderia trabalhar melhor com a equipe e os assistentes de treinamento.

Madison Hughes, capitão do time de Rúgbi de 7 dos EUA

Mike conclui:

-- Foi muito revelador trabalhar com a Thomas International. Eles incentivaram a comunicação aberta dentro da equipe, gerando a base para que tivéssemos um desempenho vencedor no campo e fôssemos uma equipe mais unida. Eu recomendaria a todas as equipes buscando o diferencial para a alta performance que explorassem esse método.


Fotos fornecidas por Mike Lee/KLCFotos

Emily Atkinson

Emily Atkinson

Emily joined the marketing team in 2013 after a period working as an event manager in the wedding industry. She enjoys the variety that comes with working at Thomas, particularly specialising in international marketing. Emily studied German for many years and has recently started learning Spanish.