Víctor Martínez

Keith WishartAmir Qureshi

Víctor é CEO da Thomas Brasil e Vice-Presidente de Operações da Thomas International Latino-americana. Conhecido por sua dedicação e seu trabalho árduo, ajudou a tornar a Thomas Brasil uma referência em gestão de pessoas no mercado brasileiro, durante seus 20 anos na empresa.

Em toda sua carreira como consultor e empreendedor, além de cuidar dos negócios, Víctor está sempre à frente das inovações mercadológicas, fornecendo aos clientes e suas equipe as melhores formas de alcançar o desenvolvimento pessoal, por meio de soluções inovadoras e práticas.

Víctor nasceu no Paraguai e, ainda jovem, veio ao Brasil para desenvolver seus estudos e buscar novas oportunidades na carreira. Tornou-se engenheiro de produção, formado pela Universidade Federal de São Carlos, e recebeu o convite para trabalhar na Thomas Brasil como consultor pelo fundador Aggie DaSilva. Após dois anos como consultor, aceitou o desafio de assumir a presidência da Thomas Brasil em 1998, e continuou a expandir seus conhecimentos em gestão de pessoas, formando-se como analista de análise de perfis pessoais na Inglaterra, pela Thomas International, como International Executive e Life Coach certificado pelo Integrated Coach Institute; e certificado como Coach de Carreira.

Com toda expertise em gestão de pessoas, participou de projetos de consultoria em países como Argentina, Chile, Colômbia, Peru, Uruguai, Venezuela e EUA, bem como da estruturação das operações da Thomas Internacional em toda América Latina. O executivo também é palestrante e consultor de empresas como TAM, Pirelli, Pfizer, Gol, Yamaha, Mercedez-Benz, entre outras.

Durante os 20 anos em que está na Thomas, Víctor ajudou a empresa durante o período de maior crescimento comercial e a se tornar a líder no mercado no ramo de avaliações e gestão de pessoas.

Em seu tempo fora do escritório, adora praticar esportes. É ex-jogador de rúgbi e polo aquático, e já foi nadador profissional, participando do mundial de natação máster em Munique, no ano 2000. Por três anos seguidos, participou também do circuito paulista de corridas e aventuras e, nos últimos anos, dedica-se ao halterofilismo, chegando a competir na categoria de bodybuilding. Apesar de ser um atleta, o que mais gosta de fazer nas horas vagas é passar o tempo com sua filha, Costanza.