Comportamento

Retenção de conhecimentoRetenção

Você tem alunos difíceis, que estão desperdiçando potencial? A capacidade de administrar alunos com êxito e promover o comportamento positivo dentro da sala de aula é uma habilidade essencial para um professor. Estabelecer e manter o bom comportamento cria um ambiente ideal para aprender e prepara os alunos para um futuro brilhante.

O que é gestão de comportamento?

A maneira como os alunos se comportam dentro da sala de aula exerce um efeito enorme sobre o aprendizado. Comportaments difíceis, que não são controlados, podem resultar em notas baixas e transtornos, o que pode afetar negativamente o resto da classe. Gestão de comportamento está relacionada a reduzir o comportamento negativo e estimular o positivo, dando oportunidade a todos os alunos para aprender.

Administrando alunos problemáticos

Alunos problemáticos são normalmente desmotivados, talvez por estarem entediados ou despreocupados, e demonstram isso através de mau comportamento. Isso significa que o aprendizado sofre. Ajudá-los a voltar aos eixos (pelo uso de estratégias de gestão de comportamento), a reconectá-los com a formação acadêmica e a se sentir bem consigo mesmos não é uma tarefa fácil, mas é essencial. Um aluno pode precisar de apoio extra para alcançar todo o potencial que tem e é possível resgatar o mais problemático dos alunos, com um impacto real e significativo sobre autoconhecimento e realização.

Compreender como um aluno tende a se comportar, seus n[iveis de intelig@encia emocional e sua capacidade mental pode determinar a raiz das frustrações e do mau comportamento, permitindo que tanto o professor como o aluno administre efetivamente essas gatilhos.

Promover comportamento positivo, capacitar alunos para ter mais autoconhecimento e para entender as razões por trás do seu comportamento pode dar a eles força para administrar e modificar essa postura, permitindo que resolvam quaisquer problemas sozinhos.
 

Gestão de comportamento positivo

Alunos engajados querem aprender. Eles se orgulham de trabalhar e se empenham para se desenvolver e obter êxito. Isso normalmente se manifesta por meio de comportamentos positivos, inclusive por curiosidade, interesse, atenção e dedicação no ambiente de ensino. Essa postura serve como objetivo importante, já que aumenta as chances de sucesso e satisfação pessoal.

Aunos que entendem a si mesmos tendem a se desempenhar bem e a ser mais comprometidos. É muito mais provável que tenham mais segurança, pois compreendem melhor os próprios pontos fortes e o que os motiva, o que aumenta a autoconfiança e o foco. Ajudar indivíduos a reconhecer os próprios talentos, portanto, dá a eles as ferramentas necessárias para assumir a responsabilidade sobre a performance. Isso promove a motivação, determinação e autoconfiança que precisam para impulsionar o sucesso, superar dificuldades e se orgulhar das conquistas alcançadas.

Entendimento mútuo

Professores com um bom entendimento sobre o comportamento dos alunos estão mais preparados para guiá-los efetivamente pela jornada de aprendizado.

Professores são capazes de considerar a maneira como a mensagem é transmitida para alunos diferentes, de modo a criar um ambiente de aprendizado positivo e inclusivo.

 

Da mesma forma, alunos com noções básicas sobre o próprio comportamento, e o dos outros colega, pode usar isso para orientá-los, tanto na sala de aula quanto no estudo independente.

No final, promover o autoconhecimento e o entendimento sobre como comportamentos são percebidos por pessoas diferentes pode contribuir para um ambiente de ensino positivo, estimulante e gratificante. Normalmente,  esse insight pode ser usado para transformar até mesmo os alunos mais difíceis.