Dicas e sugestões

Veja algumas das perguntas que frequentemente nos fazem e prepare-se para fazer uma avaliação.

O que é psicometria?

Trata-se de um assunto amplo e complexo, mas, resumidamente, psicometria é o campo de estudo relativo à teoria por trás das medições psicológicas. Psicometria envolve pesquisa sobre as medidas de habilidades, conhecimento, competências, atitudes e traços de personalidade.

A teoria da psicometria é a base para os instrumentos de avalição, tais como os da Thomas.

O que são avaliações psicométricas?

Avaliações psicométricas oferecem uma percepção aprofundada sobre o que ocorre por trás do que se vê exteriormente. Elas comparam o desempenho do indivíduo com o de outros ou mostram, relativamente, áreas fortes e fracas do indivíduo. Avaliações psicométricas verdadeiras observam as seguintes áreas:

  • Habilidades: a capacidade de trabalhar com números, palavras, diagramas e sistemas
  • Alcance: o que a pessoa realmente sabe sobre a área
  • Personalidade: como um indivíduo tende a agir. Isso cobre uma grande variedade de aspectos, desde motivação e valores até como ele reage diante de autoridade e sua honestidade e integridade

Misture tudo isso e você terá avaliações especializadas em áreas como inteligência emocional, treinabilidade, liderança, orientação para atendimento ao cliente e como pensam; áreas que estão diretamente relacionadas a carreiras específicas. Avalie várias pessoas na empresa e verá um perfil organizacional: se suas equipes funcionam bem, que habilidades faltam; e quem se ajustará bem ou não.

Para que avaliações psicométricas são usadas?

Avaliações são usadas em várias áreas, como negócios, educação e esportes, para lidar com uma grande variedade de decisões relativas a pessoas. Normalmente, avaliações psicométricas são usadas para recrutar novos funcionários; identificar pessoas com potencial para o desenvolvimento; aconselhar pessoas com baixo desempenho; unir equipes; ofecer aconselhamento de carreira; dar coaching; identificar fatores de estresse na organização; decidir sobre a estrutura da empresa e das equipes; e criar programas de incentivo com o que realmente motiva as pessoas. Quaisquer decisões sobre pessoas, individualmente ou em grupo, podem se beneficiar do uso de avaliações psicométricas.

Avaliações psicométricas testam somente o QI?

Normalmente pensamos que avaliações analisam o que sabemos; que é um teste no qual se passa ou não. Ainda assim, sabe-se que conhecimento é só parte do que você demonstra na escola, no trabalho ou em casa. Considerando a rapidez com que as coisas mudam hoje em dia, parece melhor descobrir com que facilidade e como uma pessoa pode aprender no futuro, em vez de focar no que el sabe agora.

Fatores geralmente conhecidos como "interpessoais" são aspectos cada vez mais importantes para o sucesso, por exemplo: com que facilidade compreende as pessoas e como se relaciona com elas; habilidades para liderar; até que ponto segue regras ou apresenta novas soluções; habilidade para lidar com estresse. Avaliar vai muito mais além do que analisar se o indivíduo é um "sabe-tudo".

O que é um perfil comportamental?

Avaliações de personalidade e comportamento podem revelar as habilidades de um indivíduo e como ele tende a agir.

Essas informações podem ser usadas para determinar com que tipo de cargo ele se ajustará melhor; como tende a se desempenhar sob pressão; como se ajusta a uma equipe; e, até mesmo, que tipo de carreira é mais adequada para ele.

Esses tipos de avaliação analisam de que maneira os indivíduos se comportam e respondem a questões, tais como:

  • O que os motiva?
  • Quais são os pontos fortes e as limitações?
  • Qual é o estilo preferido de comunicação?
  • Como interage com colegas e membros da equipe?
  • Que valor traz para a organização?
  • Está modificando o comportamento para se adaptar à situação?
  • Como se comportam sob pressão?
  • Está demonstrando sinais de frustração diante da situação atual?
  • Que estilo de gestão ou coaching irá trazer melhores resultados?

Traçar perfis comportamentais não mostrará qualidades boas ou ruins. Isso simplesmente oferece um melhor entendimento sobre como a pessoa prefere agir no ambiente de trabalho e as características que demonstra. Não há respostas certas ou erradas.

Avaliações de personalidade e comportamento podem ser usadas para recrutar; identificar potencial; desenvolver; reunir equipes; promover carreiras; aprimorar a comunicação; e tirar o melhor resultado por meio de um bom gerenciamento.

O que é uma avaliação de aptidão?

Uma avaliação de aptidão mede a inteligência fluida, ou seja, com que velocidade uma pessoa consegue aprender e assimilar novos procedimentos e habilidades. Avaliações de aptidão preveem precisamente o potencial de desenvolvimento de alguém.

Elas oferecem um modo objetivo de avaliar as habilidades de uma pessoa e podem responder a questões, como:

  • Esse indivíduo consegue pensar e reagir rapidamente?
  • Consegue lidar com as exigências mentais do cargo?
  • É capaz de ser bem-sucedido em um ambiente dinâmico e em constante mudança?
  • Conseguirá ascender no trabalho?
  • É um solucionador de problemas?

Essas avaliações foram elaboradas para medir potencial, em vez de conhecimento. Geralmente, incluem testes de linguagem, números e raciocínio. Por exemplo, avaliações numéricas medem com que velocidade e facilidade a mente consegue lidar com números e não com que precisão consegue resolver equações.

Por que avaliações psicométricas são usadas na área de negócios?

Avaliações psicométricas podem ser usadas para recrutar; identificar potencial; desenvolver; reunir equipes; e obter o máximo das pessoas por meio de um bom gerenciamento.

Pesquisas demonstram que entrevistas, referências e currículo não são bons para prever se uma pessoa será bem-sucedida. Entrevistas são particularmente perigosas, pois são influenciadas por preconceitos, gostos e antipatias. Avaliações não conseguem prever equívocos como esses, mas podem torná-los bem mais improváveis.

Por que avaliações psicométricas são usadas na área de educação?

Avaliações psicométricas podem ser usadas com alunos, professores e organizações institucionais para obter o melhor de pessoas.

Elas podem fornecer aconselhamento prática de carreira, ajudando alunos a fazer uma ponte entre educação e trabalho. Psicometria ajuda-os a determinar pontos fortes e fracos, auxiliando a progredir em destinos mais positivos após a escola ou universidade.

Estabelecimentos de ensino também usam avaliações psicométricas para recrutar, desenvolver e gerenciar os funcionários, inclusive professores e assistentes. Avaliações ajudam a colocar as pessoas certas nos cargos certos,  dando mais clareza às decisões relacionadas a pessoas.

Por que avaliações psicométricas são usadas na área de esportes?

Avaliações psicométricas são usadas em ambientes esportivos para criar programas avançados de coaching e treinamento; gerenciar o desenvolvimento de atletas; construir relacionamentos entre treinadores e atletas; aprimorar a comunicação das equipes; e melhorar a performance organizacional.

Psicometria pode ajudar organizações esportivas a obter o melhor de seu pessoal, sejam eles treinadores, atletas ou grupos de apoio. Essas ferramentas podem fornecer um feedback objetivo sobre o potencial dos indivíduos dentro de uma equipe, um clube ou uma instituição.

Onde avaliações podem ser encontradas e por quê?

É possível que tenha que fazer avaliações nas seguintes situações:

  • Na escola ou universidade, como parte de programas de carreira
  • Como parte de programas de coaching e desenvolvimento de atletas, como forma de aprimorar a performance
  • Para reduzir o número de candidatos a uma vaga - a avaliação será usada em conjunto com o currículo para decidir se o indivíduo deve ser entrevistado
  • Na sua primeira entrevista - podem ser servir de base para as perguntas durante a entrevista, para verificar se não "colou", ou depois, para decidir se o candidato deve voltar para uma próxima etapa
  • Em uma entrevista final - para confirmar a impressão que deixou em entrevista anterior ou realçar áreas que precisam ser discutidas
  • Centros de avaliação - em certos cargos, é possível que precise comparecer a um ou dois dias de atividades. Estas podem incluir dinâmicas, discussões, casos práticos de trabalho e avaliações
  • Recrutamento de formandos - algumas empresas buscam candidatos em universidades e avaliam formandos para recrutamento

Avaliações também podem ser usadas com os funcionários existentes para: embasar entrevistas de revisão; analisar necessidades de treinamento; identificar possíveis líderes; avaliar níveis de estresse e bem-estar; averiguar se as pessoas estão trabalhando bem juntas; e preparar alguém para coaching. 

São usadas amplamente porque ajudam a tornar os processos mais justos para todos os envolvidos e oferecem a oportunidade de aprender mais sobre si mesmos.

O que elas avaliam?

Em geral, avaliações psicométricas cobrem três áreas básicas, que analisam o que ocorre dentro de você e o que afeta seu comportamento. É possível que receba um dos três seguintes tipos de avaliação:

  • Habilidades: avaliações de QI antigas afirmavam fornecer um número que representava a inteligência. Hoje em dia, sabemos que há diferentes tipos de inteligência. Testes mais comuns avaliam a inteligência verbal, abstrata, espacial e numérica, mas há outras, como a emocional, por exemplo.
  • Conhecimento ou competências: você sabe alguma coisa (‘o que significa a sigla "C.N.P.J.", por exemplo) ou sabe como fazer alguma coisa (copiar e colar no Word, por exemplo)? Ocorrem, em sua maioria, em escolas e universidades.
  • Personalidade/comportamento: avaliações de personalidade são baseadas em teoria e muitos anos de pesquisa; milhões de pessoas são testadas para se criarem perfis de todos os tipos de pessoas que são bem-sucedidas nos mais variados cargos. Não alegam descrever alguém por completo ou prever como age em determinadas situações; mas medem a tendência de um comportamento.
Quando serei avaliado?

Avaliações são usadas em estágios diferentes e o momento em que será avaliado dependerá da situação. Em negócios, elas são usadas em etapas variadas do processo de seleção. Também são usadas para o desenvolvimento, carreira e treinamento. Você deverá receber todas as informações necessárias sobre quando e por que será avaliado das pessoas que aplicarão a avaliação e provavelmente receberá acesso a ela por email.

Parecem com os testes de revistas?

Algumas sim. Muitas usam questões simples, com respostas certas e erradas. Algumas pedem que você escolha uma entre três opções, que mais reflitam suas opiniões. Outros, no entanto, mostram formas, números e figuras. Para muitas, não há respostas certas ou erradas; as respostas já indicam sua individualidade. Independentemente do que vê, a diferença entre uma boa avaliação psicométrica e um "quiz" é o que está por trás: mais de 100 anos de teoria; dados coletados de pessoas; técnicas estatísticas complexas; e maneiras precisas de se expressar, desenhar ou ordenar ítens. Às vezes, uma avaliação psicométrica verdadeira aparenta ser um teste de revista, mas há muito mais fatores envolvidos do que se vê na superficie.

Devo tomar alguma precaução para fazer avaliação?

Você deve fazer a avaliação em um ambiente em que possa se concentrar, sem interrupções. Se estiver em uma instituição de ensino ou um escritório, o administrador deverá manter você tranquilo e se disponibilizar para esclarecer qualquer dúvida. Verifique se a avaliação está legivel; se não é uma fotocópia ruim ou há falhas de impressão. Faça perguntas, sempre que achar necessário: para que serve e como será usada no processo.

Se estiver fazendo a avaliação online, certifique-se de que seja em um local e horário ideal; que não será interrompido; e que tenha tempo suficiente para concluir.

Finalmente, todos os usuários da avaliação são treinados para dar um feedback sobre como se saiu na avaliação e para interpretar as informações obtidas. Isso deve ocorrer sempre, já que você tem o direito de entender os resultados e aprender um pouco mais sobre si mesmo.

A avaliação decidirá se conseguirei ou não o emprego?

Não, não sozinha. Boas avaliações são aplicadas por pessoas treinadas, que sabem que não devem JAMAIS usar somente esses dados para tomar decisões. As avaliações podem ser usadas como parte de um processo; cada parte (entrevistas, recomendações, simulações de trabalho) contendo uma peça do quebra-cabeças. As avaliaçõe medem somente aspectos específicos e, normalmente, são usadas para questionar sentimentos e preconceitos com informações objetivas e científicas sobre as qualidades humanas.

A avaliação me dirá com que devo trabalhar no futuro?

Não exatamente. A avaliação não dá a você uma lista de cargos que deva assumir. Em vez disso, ela realça talentos e preferências comportamentais básicas e permite que você tenha um melhor entendimento sobre as áreas de trabalho que mais se adequariam a você. Ela dá uma noção sobre em que tipo de ambiente seu comportamento se encaixaria melhor, ajudando você a tomar decisões mais embasadas ao escolher opções de trabalho ou carreira.

Quem verá os resultados da minha avaliação?

Nossas avaliações são inteiramente confidenciais, o que significa que somente as pessoas responsáveis pela administração terão acesso aos resultados. Você não precisa se preocupar se outras pessoas, como colegas, professores ou companheiros da equipe, lerão seus dados. Você também receberá uma cópia dos resultados, se quiser.

Recomendamos a todos os usuários que recebam feedback de um administrador treinado, após concluir a avaliação. Isso permite que obtenha um entendimento mais aprofundado sobre seus resultados e possa esclarecer quaisquer dúvidas. Talvez precise solicitar o feedback, já que não é obrigatório.

Devo ficar nervoso?

Um pouco de adrenalina ajuda, mas não há com o que se preocupar. Surpreendentemente, pesquisas revelam que muitos gostam de passar por um processo de avaliação bem feito, pois têm a chance de obter mais informações sobre si mesmos. Avaliações existem para ajudar você, assim como as pessoas que as administram.

Não é verdade que as pessoas odeiam avaliações?

Longe disso. Na verdade, nós gostamos de fazer avaliações porque falam sobre um de nossos assuntos preferidos: nós. Se for bem aplicado, avaliações podem despertar o interesse das pessoas e gerar discussõe sobre comportamento e emoções.

Posso fazer a avaliação no meu celular ou tablet?

Depende da avaliação. Todas que seguem um formato de questionário (PPA, TEIQue e Engage) são inteiramente compatíveis com aparelhos móveis, portanto, você pode fazer a avaliação independentemente de onde estiver.

Não recomendamos fazer o GIA em um aparelho portátil pois essa avaliação mede velocidade e precisão e os resultados podem ser distorcidos ao usar métodos diferentes de inserção de dados (por exemplo, em touch screen). O GIA foi calibrado e é normatizado para usar o mouse e o teclado. Sendo assim, sugerimos que se use o desktop como plataforma.

Mais alguma dúvida?

Nossa equipe de especialistas possui bastante experiência com as avaliações e estão sempre dispostos a auxiliar você. Para mais informações, por favor, entre em contato pelo número (11) 3040-2299.