Recrutamento

Gestão de conflitosPlano de sucessão

Se procura contratar pessoas que se ajustem aos negócios ou que se desempenhem bem de imediato, nossas ferramentas podem ajudar a identificar os candidatos certos para os cargos certos.

Todos nós já contratamos um candidato que não satisfez nossas expectativas. Eles tinham experiência, boas referências, foram bem na entrevista, mas não foram bem-sucedidos ao apresentar resultados. Frequentemente, isso ocorre porque ele não se ajustou ao cargo ou à cultura da empresa.

O recrutamento depende de um entendimento claro sobre: o que o cargo demanda; a cultura da empresa; e o que o gestor espera do novo funcionário, ao mesmo tempo, assegurando que todos os candidatos sejam tratados justamente e tenham a experiência mais agradável possível dentro da empresa. Com um grande número de candidatos em uma seleção, é provável que seja mais fácil fazer que todos eles passem pelo mesmo processo. No entanto, selecionar e entrevistar tantas pessoas pode aumentar os custos e o tempo gasto.

Em 2014, o Instituto Britânico Credenciado de Recursos Humanos e Desenvolvimento (CIPD, sigla em inglês) declarou que os 100 melhores empregadores da Grã-Bretanha anunciaram planos de contratação para recém-formados, tentando buscar aqueles que foram registrados antes da recessão. Essa tendência a buscar pessoas com diploma, no entanto, também gera a necessidade de apresentar experiência de trabalho específica (CIPD, 2014). 

Em 2007, 92% dos recrutadores (CIPD) disseram que avaliações psicométricas eram "ùteis" ou "muito úteis" para determinar decisões sobre a contratação. Isso ocorreu porque qualificação acadêmica não era mais uma medida confiável sobre comportamento no trabalho, habilidades interpessoais, performance ou ajuste cultural.

CIPD

Embora fatores como formação acadêmica, habilidades e experiência possam ser avaliados durante a entrevista, outros, tais como, personalidade, preferências de comportamento e ajuste cultural, podem ser muito mais difíceis de julgar. Sendo assim, por que não combinar métodos tradicionais de seleção com avaliações psicométricas? Uma entrevista somente, hoje em dia, é considerada uma indicação fraca para garantir o sucesso.

Como avaliações psicométricas podem ajudar nas decisões sobre recrutamento?


Avaliações de pessoas da Thomas podem ajudar você a prever exatamente se o candidato tem um bom "ajuste" com a empresa. Nossas ferramentas permitem que você selecione pessoas, usando séries de dados relevantes, para obter uma compreensão completa de como elas tendem a se comportar no trabalho. Elas agem como complemento para dados padrões como, por exemplo, currículos, com fatores adicionais a seguir:

  • Preferências comportamentais
  • Personalidade
  • Competências técnicas e interpessoais
  • Habilidades cognitivas
  • Estímulos
  • Gestão ideal

Isso pode ajudá-lo a ter mais segurança para tomar decisões sobre recrutamento, baseando-se em cargo, indivíduo, equipe e cultura, e complementando a indução após contratação. Nós podemos ajudá-lo a identificar as exigências comportamentais do cargo e ajustar o candidato adequado para ele. A Thomas também mede a capacidade da pessoa para aprender rapidamente e iniciar um bom desempenho de imediato.

A abordagem da Thomas foi elaborada para assegurar que candidatos cuja qualificação acadêmica não atinja os padrões determinados por questões eliminatórias, mas tenham um alto potencial por outras razões, não sejam negligenciados. Entendemos que é importante avaliar a formação no candidato, mas não se pode basear só nisso. Nossa abordagem permite que se observem os candidatos pré-selecionados e se avalie o potencial cognitivo dele, o que pode ser muito mais indicativo de futura performance.

A Thomas recomenda complementar o processo de recrutamento com avaliações psicométricas, para que se comparem candidatos diretamente com base em suas preferências e habilidades. Nós podemos trabalhar com você para identificar o que é "ideal" para sua empresa, para que se filtrem candidatos com base em pontuação. Podemos auxiliar você a investigar as demandas do cargo e contratar pessoas de acordo com isso, assim como criar uma matriz para funções e níveis dentro da organização, para que escolha as avaliações corretas para as informações que precisa.

Dar feedback é fácil com o nosso relatório. Ele assegura que o candidato saia com uma boa impressão do processo de seleção e da empresa e que você esteja trabalhando com as melhores práticas do mercado.

Ao considerar se deseja ou não incluir avaliações psicométricas à estratégia de recrutamento, é comum acreditar que esse projeto gera custos altos e gaste muito tempo, mas se for elaborado e usado da forma apropriada, esses argumentos não são válidos. Usar essas ferramentas economiza tempo com o processo de seleção de candidatos e significa que somente os melhores para o cargo serão entrevistados. Além disso, uma boa estratégia de recrutamento também ajuda a melhorar a retenção de funcionários. Se o indivíduo é capaz de, não só se desempenhar bem na função, como também se ajustar à cultura, é bem menos provável que queira mudar de emprego num futuro próximo.

"O custo com a contratação de um candidato ruim é muito maior do que o custo de deixar passar um bom." 

Joe Kraus