Gestão de performance

RetençãoGestão de mudanças

Com 80% do tempo gastos com baixa performance, ter uma estratégia para gestão de efetividade deve ser prioridade em qualquer negócio, para maximizar o êxito organizacional. Todo gestor é responsável por otimizar o potencial dos colaboradores e aumentar a participação deles, e deve trabalhar com eles para avaliar, planejar, monitorar, manter e revisar a performance, com foco nos objetivos e indicadores de desempenho.

Uma empresa é tão boa quanto os funcionários que tem. Portanto, assegurar que seu pessoal se desempenhe constantemente ao máximo de suas habilidades é fundamental se quiser se manter à frente da concorrência.
 

Uma estrutura de avaliação de performance sólida é a chave para garantir que não haja surpresas quanto ao desempenho dos funcionários.

O que é avaliação de performance e por que é importante?

Funcionários engajados e motivados entendem a contribuição que trazem para os objetivos dos negócios, independentemente da área de atuação ou grau de experiência. Efetuar regularmente avaliações de performance que alinhem os objetivos individuais com as metas gerais da empresa garante que todo e qualquer funcionário entenda o papel dele para o sucesso organizacional.

Assegurar que cada pessoa dentro da empresa participe das avaliações, juntamente com o gerente direto, para discutir e revisar a própria performance, de acordo com as metas acordadas, permite que líderes executivos monitorem o desempenho geral de seus recursos humanos. Provavelmente não haverá surpresas com relação à revisão ao final!

Maximizando o valor das avaliações de performance

Como gestor, é provável que tenha uma visão clara sobre a qualidade dos resultados de seus funcionários, mas você entende realmente o que os motiva e como tirar o melhor deles? Identificar as preferências comportamentais e emocionais fornece uma medida padrão para ajudar o gestor a compreendê-los e para ajudá-los a compreender a si mesmos.

Nós oferecemos, a você e sua equipe, as ferramentas para obter um profundo entendimento sobre como se comportam, como tendem a se comunicar, seus pontos fortes e limitações e seus estímulos. Essa informação abre linhas de comunicação durante as avaliações de performance para discutir o que está indo bem, como melhorar, necessidades de treinamento e muito mais.

Ao entender a origem dos desafios deles e como as tendências comportamentais podem ser fatores contribuintes, o funcionário estará em uma ótima posição para superá-los.

Aumentar o autoconhecimento frequentemente prepara o indivíduo com as ferramentas necessárias para fazer mudanças imediatas de comportamento e, assim, estratégias de enfrentamento e planos de ação podem ser colocados em prática para amenizar a pressão em áreas difíceis de desenvolvimento.
 

A visão maior com o feedback de 360

Avaliações e revisões de performance precisam se basear em mais do que os relacionamentos e o que o gestor vê. O feedback de 360 pode ajudar a identificar pontos fortes e áreas de desenvolvimento, conforme observado por colegas e clientes. Isso abre espaço para novas discussões e dá ao funcionário um insight sobre como o desempenho e o comportamento é percebido pelos outros. O feedback pode ser usado como ponto de partida para estipular objetivos de desenvolvimento, que podem ser revisados dentro de seis a doze meses. Nossa ferramenta 360 provê uma estrutura objetiva para identificar falhas de performance, desenvolver o autoconhecimento e compreender como aprimorar a efetividade.

De olho no futuro

Avaliações são importantes para a gestão de performance, mas devem ser usadas como parte de um programa mais amplo de desenvolvimento. Avaliações de desempenho são só o início. Assim que áreas de desenvolvimento forem estabelecidas, é crucial que se apliquem treinamento e acompanhamento adequado. Assegurar que esteja maximizando o potencial de seu pessoal e efetivamente criando um linha de performance forte irá proteger os negócios para demandas futuras.